Receba dicas de decoração por e-mail.

Piso para Cozinha: Lista Completa Apenas com os Melhores (O #3 é o Meu Favorito!)

Miniatura do Post Piso para Cozinha Lista Completa Apenas com os Melhores
7 Flares 7 Flares ×

Escolher o piso para cozinha ideal não é uma tarefa fácil, concorda?

No mercado existem inúmeros tipos de pisos, em vários tamanhos, cores, modelos, materiais… e tantas opções acabam por nos deixar confusos na hora da escolha, nos deixando com aquela tremenda duvida na cabeça: “Qual o melhor piso para cozinha?”.

O melhor piso para cozinha, é aquele que tem alta durabilidade, é fácil de limpar, e valoriza o espaço. Mas também não podemos esquecer que ele precisa combinar com seu estilo e com a decoração da sua cozinha, como móveis e eletrodomésticos.

A escolha do piso para cozinha deve ser feita com planejamento, pois é uma peça que vai ficar ali por muitos anos.

Os melhores tipos de pisos para usar na cozinha são:

  • Piso de cimento queimado
  • Piso de porcelanato
  • Piso de granito
  • Piso de cerâmica
  • Piso epóxi
  • Piso de pastilha
  • Piso de ladrilho hidráulico

Pensando em te ajudar a fazer a melhor escolha, alem de te dizer quais são os melhores pisos para usar na cozinha, também criei uma lista dizendo um a um quais são as vantagens, as desvantagens, os preços, os cuidados que deve tomar com o piso, a qualidade e também algumas dicas extras.

Espero realmente que te ajude a escolher o piso ideal para sua cozinha.

 

1. Piso de cimento queimado

Várias cozinhas com piso de cimento queimado

Vamos começar falando do piso de cimento queimado. Uma das grandes vantagens do cimento queimado é sem duvida o preço, é um dos revestimentos mais baratos atualmente. O cimento queimado traz um ar rústico para a cozinha, mas também fica ótimo em cozinhas mais modernas.

Ele é feito basicamente de cimento, areia e água, formando uma massa que é despejada diretamente no chão devidamente preparado, e depois de pronto é impermeabilizado e selado para ficar mais resistente contra trincas e manchas de infiltração de água.

Para o piso ficar com o aspecto liso e brilhante, o especialista aplica cimento em pó sobre o piso ainda mole, e com o auxilio de uma desempenadeira, vai fazendo com que a massa fique lisa e uniforme. Isso é o que diferencia o piso de cimento queimado, do piso cimentado comum (piso simples, áspero).

Esse tipo de piso pode ser feito de várias formas, liso (uma peça só), ou com juntas de dilatação, podendo ser de plástico, metal ou madeira. Também pode ser usado, faixas de porcelanato, ladrilho hidráulico, piso de cerâmica, etc… para fazer divisões no piso e dar mais estilo à cozinha. O piso de cimento queimado com juntas de dilatação ou faixas de decoração é mais resistente contra trincas, por ser separado em várias peças menores.

Ele também pode ser aplicado em várias cores. Na hora que o especialista for finalizar (deixar liso) o piso, junto com o pó de cimento ele adiciona um corante (em pó também) da cor que você desejar no piso ainda mole. O piso de cimento queimado branco é feito usando cimento branco e pó de mármore.

Cores claras (como o branco) são ótimas para cozinhas pequenas, por valorizar o espaço, dando a sensação que é maior, mas pode encardir fácil. O piso de cimento queimado sem juntas fica muito bom em cozinhas pequenas, pois seu aspecto liso e uniforme dá mais amplitude ao ambiente. Já com juntas ou faixas de decoração é mais recomendado para cozinhas amplas.

Vantagens:

  • Barato
  • Durável
  • Possui aspecto rústico que fica muito bonito
  • Disponível em várias cores
  • Prático para limpar
  • Por ter aspecto manchado e rústico, ele esconde um pouco a sujeira

Desvantagens:

  • Ele é um piso bastante frio durante o inverno
  • É bastante escorregadio quando está molhado
  • Não tem muito brilho
  • Com o tempo é inevitável o aparecimento de fissuras e pequenas trincas

Cuidados:

  • Não molhe com freqüência, aconselho usar apenas pano úmido para fazer a limpeza diária
  • Lave no máximo 1 vez por semana. Limpeza simples, água e detergente neutro é o suficiente
  • Evite utilizar água sanitária ou produtos químicos ao fazer a limpeza do piso, isso pode manchar
  • Seque bem o piso após lavar
  • Evite o acumulo de água sobre ele

Dicas:

  • Contrate apenas profissionais de qualidade para a obra
  • Coloque pequenos tapetes nos lugares que podem sujar ou molhar com mais facilidade, como na entrada da cozinha, na frente da pia e do fogão
  • Você pode encerar o piso (com cera especifica para piso de cimento queimado) para dar mais brilho e diminuir a porosidade (infiltração de água)

Preço: Baixo

Qualidade: Média

 

2. Piso de porcelanato

piso para cozinha de porcelanato várias cores

O porcelanato é um ótimo piso para cozinha, ele traz um ar mais moderno e funcional para o espaço, e é muito fácil para fazer a limpeza.

A matéria-prima dele é porcelana e diversos minerais nobres. Considerado uma das melhores escolhas para se usar em cozinhas, pois tem absorção de água quase nula, evitando (e muito) o aparecimento de manchas no piso.

Ele é vendido em placas de diversos tamanhos, e você também pode encontrar em várias cores, texturas e modelos. Alguns com texturas imitando outros materiais como madeira, cimento queimado, pedra, couro, tecido, metal, fibra natural, e por ai vai…

Também se encontra disponível o piso em várias aparências como:

  • Natural (sem polimento)
  • Esmaltado
  • Acetinado (Fosco)
  • Técnico (Polido)
  • Vitrificado (Parecido com o polido, mas é ainda mais resistente contra manchas)
  • Rústico (Antiderrapante)
  • Slim (Ultra fino)
  • E também com desenhos e texturas em relevo

Existe 2 tipos de acabamento para esse piso, o bold, que é o mais comum, tem a borda arredondada, e também tem o retificado que tem a borda reta, que proporciona rejuntes até 3x menores, mas é um pouco mais caro.

A aplicação do piso de porcelana na cozinha é simples, feita com argamassa própria para pisos e revestimentos. Ele também pode ser instalado diretamente sobre outros pisos como de cerâmica e cimento queimado, evitando o quebra-quebra na obra.

Na hora da escolha desse tipo de piso para cozinha, verifique o PEI que ele possui com o vendedor da loja, que nada mais é do que o nível de resistência que o piso tem contra riscos e manchas, que vai de 0 à 5. Escolha sempre pisos com PEI de 3 à 5 se forem ser usados em áreas molhadas como a cozinha e em lugares onde possui um alto transito de pessoas.

Os tipos de piso de porcelanato mais indicado para colocar na cozinha é o esmaltado, o acetinado e o natural. Esses tipos são mais fáceis de limpar, são resistentes a água, não gruda gordura, e podem duram a vida inteira se bem conservado.

Vantagens:

  • Bastante resistente contra umidade e manchas de infiltração
  • Imensa variedade de cores, tamanhos, texturas e modelos
  • Fácil de limpar
  • Bonito
  • Durável

Desvantagens:

  • Se cair coisas pesadas e duras pode trincar ou lascar o piso

Cuidados:

  • Limpeza simples com pano umedecido, detergente neutro e água
  • Lavar o piso no máximo 1x por semana, apenas com água e detergente neutro
  • Não use produtos químicos e abrasivos na limpeza, isso pode danificar o piso
  • Não deixe cair coisas duras e pesadas sobre o piso, como panelas, isso pode trincar o piso

Dicas:

  • Proteja os pés dos móveis da cozinha com protetores de borracha ou plástico (encontrados em qualquer depósito de matérias para construção)
  • Use rejunte de cor escura, pois as cores claras encardem mais fácil, e como você sabe, a cozinha é um lugar que suja bem fácil
  • Se você quiser um piso para cozinha mais moderno, opte pelo piso com acabamento retificado, alem de trazer um ar mais moderno para cozinha também facilita a limpeza.
  • Piso com texturas, ajuda a disfarçar um pouco a sujeira do chão (Dica para pessoas que não podem limpar todos os dias)
  • Escolha piso com PEI de 3 ou mais

Preço: Médio

Qualidade: Alta

 

3. Piso de granito

Cozinha com piso de granito

Outra ótima opção para o chão da cozinha é o piso de granito.

Ele é o meu favorito por ser um dos revestimentos mais resistentes e por trazer mais modernidade e praticidade para o espaço.

O granito é extraído de uma rocha natural composta por minerais como mica, feldspato e quartzo, ele é mais recomendado do que o mármore para se usar em cozinhas, por ter mais resistência contra infiltração de líquidos (manchas) e contra batidas (mais difícil de trincar ou lascar do que o mármore).

Você pode encontrar o piso de granito em várias cores como, branco, preto, café, cinza, amarelo, vermelho, etc, e cada cor com mais outras variações de padronagem.

Ele é vendido em placas em diversos tamanhos, as mais comuns são as quadradas de 30×30 cm, 40×40 cm, 55×55 cm, e as retangulares de 70×80 cm, 80×90 cm, mas também pode ser encomendadas em tamanhos maiores ou menores, para se adequar ao seu projeto.

Em cozinhas e em outras áreas molhadas o granito deve ser impermeabilizado pelo profissional da obra antes de ser assentado no chão, para evitar que por ventura a umidade do solo prejudique a peça.

Eu prefiro o piso de granito polido na cozinha, por que ele traz um ar mais moderno para o espaço por ter mais brilho e as juntas entre as placas quase invisíveis, sem contar que é muito mais fácil de limpar que o granito rústico.

Vantagens:

  • Aumenta o valor do imóvel por ser uma peça nobre
  • Piso frio, ideal para imóveis ou apartamentos localizados em grandes centros urbanos, onde geralmente o calor é maior
  • Difícil de riscar e manchar
  • Alta resistência
  • Se bem conservado dura por toda a vida
  • Cada fornada tem uma beleza única
  • Fácil de limpar
  • Fácil de manter

Desvantagens:

  • Preço alto

Cuidados:

  • Não use produtos químicos na limpeza, isso pode manchar
  • A limpeza deve ser feita apenas com água, detergente neutro e pano úmido
  • A limpeza diária também pode ser feita apenas com uma vassoura macia (opção para pessoas com menos tempo)
  • Pode ser lavado com água e detergente neutro 1 vez por semana

Dicas:

  • Se depois de vários anos, o piso perder o brilho, ele pode ser restaurado para voltar a parecer novo (existem empresas especializadas para isso)

Preço: Alto

Qualidade: Altíssima

 

4. Piso de cerâmica

piso para cozinha de ceramica

Muito parecido com o piso de porcelanato, o piso de cerâmica chega a ser até o dobro mais barato que o de porcelanato, mas em compensação é menos resistente.

A diferença entre o piso de cerâmica e o de porcelanato, é que o de cerâmica a matéria-prima é o barro e o de porcelanato a matéria-prima são diversos minerais nobres.

Como o de porcelanato, o piso de cerâmica também possui um grande leque de cores, tamanhos e texturas à disposição dos consumidores, algumas imitando outros materiais, como madeira, pedra, mármore, mas nem sempre é convincente.

O piso de cerâmica pode ser facilmente encontrado na forma quadrada e retangular. Ele também pode ser encontrado com textura rústica (antiderrapante), fosca e brilhante (esmaltado).

Ele é resistente contra manchas e infiltração de água, deve ser conservado sempre seco, procure não deixar poças de água sobre ele, isso pode criar manchas com o tempo.

A instalação é da mesma forma feita com o piso de porcelanato, usando argamassa e rejunte próprio para revestimentos.

É um piso muito bom para usar em cozinhas, é fácil de limpar, barato, bonito, e se bem cuidado pode durar a vida toda. Na cozinha pode ser usado o piso de cerâmica retificado que facilita ainda mais a limpeza e fica com um design incrível!

Vantagens:

  • Barato
  • Fácil de limpar
  • Várias opções de cores, tamanhos e texturas
  • Difícil de manchar se bem conservado
  • Resistente ao tempo
  • Bonito
  • Pode ser encontrado com acabamento bold e retificado

Desvantagens:

  • Não é tão resistente como o de porcelanato

Cuidados:

  • Limpeza simples com pano úmido, água e detergente neutro
  • Não deixe poças de água sobre o piso, com o tempo pode manchar
  • Não derrube coisas pesadas e duras sobre o piso, isso pode danifica-lo
  • Evite arrastar móveis como mesa e cadeiras sobre ele

Dicas:

  • Se você for comprar o piso de cerâmica para usar na sua cozinha, recomendo comprar algumas peças a mais, no caso de precisar substituir algum piso danificado, por que pode ser que você não encontre mais o mesmo modelo e textura nas lojas, por ser um piso que está com a produção desacelerada
  • Utilize rejunte de cor escura, isso ajuda esconder um pouco a sujeira que é inevitável na área da cozinha
  • Para cozinha sempre escolha o piso com PEI de 3 á 5
  • Dê preferência aos pisos de cerâmica esmaltados, são mais fáceis de limpar

Preço: Baixo

Qualidade: Média

 

5. Piso epóxi

piso para cozinha de epoxi

O piso epóxi é sem duvidas um ótimo piso para cozinha, pois é extremamente fácil de limpar, higiênico, não infiltra água, não gruda gordura, não trinca, e pode durar para sempre.

Ele é um piso monolítico (uma única peça, sem juntas), à base de resina, pode ser aplicado nas mais diversas cores, podendo ser feito desenhos no piso com outras cores dando um toque especial e único para a cozinha.

A instalação é rápida comparada com outros tipos de pisos, formando uma capa brilhante e resistente, podendo ter de 2 à 5 mm de espessura. A resina pode ser aplicada em qualquer tipo de superfície devidamente limpa e preparada, por ser autonivelante.

O piso epóxi é mais comum em empresas grandes, hospitais, cozinhas industriais, laboratórios, etc. A maioria das empresas especializadas só instala o piso epóxi em ambientes grandes, mas há algumas empresas em exceção que fazem o serviço em ambientes menores e residenciais.

Vantagens:

  • Muito resistente à água e ao alto transito de pessoas
  • Não trinca
  • Tem aparência espelhada muito bonita
  • Extremamente fácil de limpar
  • Higiênico, pois não tem juntas onde pode grudar sujeira
  • Se bem conservado dura para sempre
  • Rápida aplicação
  • Possui variadas cores à escolha

Desvantagens:

  • Preço alto
  • Há poucas empresas que instalam o piso em residências e ambientes pequenos
  • Se mal conservado pode riscar e manchar

Cuidados:

  • Proteja os pés dos móveis para não riscar o piso
  • A limpeza é simples, água, detergente neutro e pano úmido
  • Apesar do piso ser bastante resistente à produtos químicos, é melhor evitar

Dicas:

  • Se na sua cozinha entra bastante luz solar, procure empresas que disponibilizam o piso epóxi com proteção à raios UV (Ultravioletas), para evitar manchas e o amarelamento do piso por conta da exposição ao sol

Preço: Alto

Qualidade: Altíssima

 

6. Piso de pastilha

piso de pastilha para cozinha

Outro modelo de revestimento para piso que está cada vez mais sendo usado nas cozinhas residenciais é o de pastilha.

Além de ser muito resistente, ele é um revestimento incrível que proporciona um ambiente muito aconchegante e combina com qualquer tipo de cozinha, podendo ser feitas variações com as peças dando um toque único e original para o espaço.

Ele é fabricado nos mais variados tipos de materiais, sendo mais comum em vidro, porcelana, cerâmica, aço inox e mármore.

Pode ser encontrado em várias formas, cores e texturas, como o degrade. É vendido em vários tamanhos, indo de peças bem pequenas de 2×2 cm (em telas de 30×30 cm) até peças maiores de 12×12 cm.

A instalação da pastilha é feita com argamassa especifica para pastilhas, mas também pode ser encontrada a pastilha adesiva, que é perfeita para pequenas decorações na parede, em áreas que não molham.

Em especial, por ser um pouco transparente a pastilha de vidro deve ser assentada usando argamassa de cor correta, por exemplo, se a pastilha de vidro for de cor clara é recomendado usar argamassa branca, se a pastilha for de cor escura, use argamassa normal.

Os mais recomendados para usar no piso da cozinha é o de vidro, de porcelana, e o de cerâmica, por serem mais resistentes à água e mais fáceis de limpar.

Vantagens:

  • Resistente à água
  • Bonito
  • Possibilidade de criar variações únicas e originais
  • Grande variedade de cores, texturas, formas e tamanhos
  • Traz aconchego para o ambiente

Desvantagens:

  • Por ter uma grande área com rejunte, pode juntar sujeira mais fácil

Cuidados:

  • Limpeza simples, pano úmido, água e detergente neutro
  • Pode ser lavado com água e detergente neutro 1 vez por semana sem problema
  • Não use produtos químicos para fazer a limpeza

Dicas:

  • Contrate somente mão de obra qualificada para instalar o piso, por que se for mal instalado pode machucar o pé ao caminhar descalço sobre ele, e também dificultar a limpeza
  • Utilize rejunte em cores mais escuras, isso ajuda à esconder um pouco a sujeira
  • Na hora da compra, escolha um rejunte impermeável (à prova d’água), isso ajuda contra infiltração de água, evita manchas e aumenta a durabilidade do piso
  • Se optar por pastilhas de cerâmica ou de porcelana, escolha com PEI de 3 ou mais
  • Em cozinhas pequenas utilize pastilhas pequenas, isso valoriza o espaço

Preço: Médio

Qualidade: Alta

 

7. Piso de ladrilho hidráulico

piso e azulejo para cozinha

O piso de ladrilho hidráulico é outro revestimento que vem sendo cada vez mais utilizado como piso de cozinha.

Ele traz um ar retro e único para o ambiente, podendo ser usado nos mais diversos tipos de cozinhas. Ele incrementa na decoração de uma forma incrível, trazendo mais alegria e cor para a atmosfera.

Ele é feito de forma artesanal, a matéria-prima é o cimento, para criar os desenhos e as texturas são criados moldes únicos de latão onde é despejada a massa e as cores diferentes, formando um visual totalmente exclusivo. Para criar piso de ladrilho hidráulico de cores claras é usado cimento branco na composição.

O ladrilho hidráulico é um revestimento ecologicamente correto, por ser produzido sem o uso de energia elétrica e fornos que emitem gases poluentes.

Ele pode ser encontrado nas mais variadas cores, tamanhos, desenhos e texturas… você é quem escolhe como será produzido o piso. Também pode ser feito piso de ladrilho hidráulico antiderrapante, mas não é tão recomendado para piso de cozinha, por ser mais difícil a limpeza.

Para ser instalado no chão, se usa massa de cimento, e as juntas podem ser preenchidas com a mesma massa. Depois de assentado, o piso precisa ser impermeabilizado com resina, para aumentar sua resistência.

Vantagens:

  • Design único e exclusivo
  • Traz um ar retro, mas pode ser usado também em cozinhas modernas
  • Resistente
  • Se bem impermeabilizado fica bem fácil de fazer a limpeza
  • Não é muito liso

Desvantagens:

  • Quanto mais personalizado mais alto é o seu preço
  • Por ser produzido artesanalmente, o processo é demorado

Cuidados:

  • Limpeza simples, água e detergente neutro
  • Não use produtos químicos na limpeza
  • Não lave com muita freqüência, isso pode desgastar o piso
  • Não deixe água parada no piso isso pode manchar com o tempo

Dicas:

  • Contrate apenas mão de obra qualificada tanto para a produção do piso quanto para o assentamento
  • Perto da pia e do fogão onde pode molhar e sujar mais fácil, utilize pequenos tapetes
  • Pode ser usada cera liquida incolor para dar brilho ao piso após a limpeza
  • Existem cerâmicas e porcelanas que imitam o ladrilho hidráulico, é barato e bonito, uma boa saída para quem quer piso de ladrilho hidráulico na cozinha mais tem o orçamento pequeno

Preço: Médio

Qualidade: Alta

 

Há vários outros tipos de pisos usados na cozinha, como por exemplo, piso emborrachadoantiderrapante e o laminado que é bastante usado em cozinhas integradas com a sala.

Na minha opinião, esses tipos até que são bons para usar em outros cômodos da casa, mas não são ideais para usar na cozinha, principalmente por que a cozinha é uma área molhada. O laminado e o emborrachado não podem ser molhados em excesso que estragam rápido.

E no caso do piso antiderrapante, não é uma boa ideia, por que pode grudar bastante sujeira e levar mais tempo para limpar.

 

Resumo dos principais pontos sobre piso para cozinha

cozinha moderna com piso de cerâmica cinza
Foto por: Chipper Hatter Architectural Photographer
  • Contrate somente mão de obra qualificada para a instalação do piso na sua cozinha
  • Para a cozinha, se o piso for de porcelanato ou de cerâmica ele deve ter o PEI de 3 ou mais
  • Pisos lisos são mais fáceis de limpar
  • Pisos com desenhos ou texturas escondem riscos, manchas e sujeira
  • Rejunte de cor clara encarde fácil na cozinha
  • Pisos menores e de cores claras valorizam cozinhas pequenas
  • Produtos químicos para limpeza danificam o piso
  • Usar tapetes pequenos perto da pia e do fogão ajuda manter o local limpo e protege o piso
  • Rejunte à prova d’agua evita manchas no piso
  • Usar protetores de borracha ou plástico nos pés dos móveis ajuda contra ricos no piso
  • Pisos retificados são mais fáceis de limpar e traz um ar mais moderno para o ambiente

Página interessante para dar uma pesquisada, com vários preços e modelos de pisos e revestimentos:

Bom, obrigado e parabéns por ter chegado até aqui, tenho certeza que a lista e as dicas vão te ajudar a escolher o melhor piso para cozinha da sua casa, ou da casa de um amigo, amiga, parente, etc.

Sinta-se livre para dar a sua opinião sobre o conteúdo, ou se tiver alguma duvida deixe um comentário logo abaixo, na área de comentários, que com certeza vou ler e fazer o melhor para te responder, o quanto antes!

Abraço e até a próxima! 😉



Dica Especial!

Você gostaria de decorar (ou re-decorar) a sua casa por conta própria, de maneira mais confiante e fácil, para que ela fique sempre confortável, bonita e do jeito que você gosta para poder relaxar e receber convidados com mais conforto e tranquilidade?

Se a sua resposta foi SIM, então essa dica é exatamente para você!

Convido você, a conhecer um ótimo (e didático) Curso de Decoração, onde mostra, em detalhes, como decorar e/ou reformar ambientes de uma casa de maneira fácil, correta e sem gastar muito!

Clique aqui e conheça agora todos os detalhes desse caprichado Curso de Decoração!

CONHECER CURSO DE DECORAÇÃO AGORA!


COMPARTILHE ESSE POST COM SEUS AMIGOS!

É rápido, fácil e eles vão amar!!
7 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 7 7 Flares ×


Cadastre seu email e receba dicas para decorar sua casa do Feito Decoração!

FIQUE POR DENTRO!

Cadastre seu e-mail abaixo para receber GRATUITAMENTE todas as atualizações do Feito Decoração!

Jamais divulgaremos seu e-mail.


40 comentários sobre “Piso para Cozinha: Lista Completa Apenas com os Melhores (O #3 é o Meu Favorito!)

  1. Olá, muito legal suas dicas, gostaria de uma dica para cozinha, minha cozinha tem 6 x 3 mt, estou pensando em colocar piso porcelanato preto e branco como uma bandeira de formula 1 por ser uma cozinha comprida acho que ficaria legal esse tipo de piso, o revestimento de parede será branco com faixa, os armários serão preto (baixo) e branco (cima) e a bancada de granito preto. Gostaria de saber sua opinião sobre o que gostaria de fazer, e se esse tipo de piso ficaria cansativo com o tempo, outra ideia será bem vinda. Obrigado.
    Abraço…

    • Olá, Ricardo!

      O piso de porcelanato é resistente, fácil de limpar e muito bonito, então acredito ser uma boa opção.

      A sua cozinha não é tão pequena, então acredito que ficaria legal colocar piso preto e branco. Nesse caso, grande parte da atenção do ambiente ficaria para o piso, então se você for mesmo optar por fazer o piso em preto e branco, evite colocar muitas coisas chamativas em outros pontos da cozinha, como por exemplo, nas paredes e em móveis muito grandes, como o armário. Mas isso não é uma regra, saiba que com cautela e equilíbrio, você pode sim misturar e adicionar mais pontos chamativos ao ambiente.

      Agora outro ponto que precisa ser pensado é que se você pretende colocar um piso novo na cozinha com a intenção de que ele fique ali por vários anos (ou décadas) então um piso quadriculado não é a melhor opção, pois com o tempo as chances de você enjoar do piso são grandes.

      Agora se você gosta de repaginar com mais frequência os ambientes da sua casa e tem um orçamento mais folgado, então pode ficar mais tranquilo, pois quando você enjoar do piso basta planejar um novo projeto e trocar!

      Piso quadriculado preto e branco é muito bonito e torna o ambiente interessante e com personalidade, porem, com o tempo pode tornar-se cansativo aos olhos.

      Analise os pontos negativos e positivos e veja o que mais se encaixa nas suas condições, assim você poderá escolher com maior certeza qual tipo de piso você deve colocar na sua cozinha.

      Espero que as sugestões e ideias te ajude.

      Abraço e sucesso na sua decoração!

  2. Boa Tarde

    Minha cozinha tem a sala praticamente junto e são ambientes pequenos seria legal utilizar um piso estampado na cozinha e liso na sala??
    Ou melhor tudo igual e claro??

    Muitas dúvidas…. sobre minha decoração mas agradeço desde já

    att
    Andreia

    • Olá Andreia,

      usar um piso liso na sala e um piso estampado na cozinha é uma boa ideia, principalmente se você é uma pessoa bem ocupada, pois a cozinha é um local onde suja o chão com maior facilidade, então é interessante usar um piso que tenha uma estampa sutil, assim a sujeira não irá parecer tanto no dia a dia enquanto você não puder limpar.

      Agora, sobre os ambientes serem pequenos, a dica é você usar pisos tanto na sala quanto na cozinha em cores mais claras, pois farão com que os ambientes pareçam mais amplos e iluminados.

      Minha sugestão, já que você disse que são ambientes pequenos, é usar o mesmo piso na sala e na cozinha, de preferencia um piso liso, sem estampas e com uma cor clara, assim criará uma sensação de continuidade de um cômodo para o outro e também gerará mais amplitude aos ambientes como um todo.

      Mas você também pode usar um piso liso na sala em uma cor clara (branco por exemplo) e depois na cozinha um piso na mesma cor do piso da sala, mas com algumas estampas suaves e neutras, para criar uma leve separação entre os cômodos, assim o piso terá continuidade de um cômodo para o outro, por conta da cor, mas ao mesmo tempo os cômodos terão uma sutil separação entre eles por conta do piso com estampas na cozinha.

      Dica Extra: Prefira pisos retificados (principalmente na sala), pois aparece menos o rejunte entre as peças e deixa os ambiente mais bonitos e simétricos.

      Reveja suas necessidades e gostos, assim você conseguirá fazer uma boa escolha.

      Espero que te ajude de alguma forma!

      Abraços e sucesso na sua decoração!

  3. Adorei as dicas dos pisos para cozinha. Vou reformar a cozinha e o meu marido falou para fazer direito porque vai ser para a vida toda …rsrs…
    Obrigada

    • Olá Nelcy,

      realmente nesse ponto seu marido está com toda a razão!

      É preciso planejar e fazer com calma a colocação do piso na cozinha, para que não esqueça detalhes essenciais, pois o piso da cozinha (não apenas da cozinha mas da casa toda), é um item de decoração que precisa ser durável, bonito e de fácil manutenção, pois ficará ali por vários e vários anos até que possa ser trocado novamente.

      Abraços e sucesso na sua decoração!! 🙂 🙂 🙂

  4. Muita informação boa. E sobre piso e revestimento em cozinha semi industrial e industria, qual é a opção mais adequada dentro das regras e orientações da vigilância sanitária?

    • Olá Leandro,

      fico feliz que você tenha gostado do post! 🙂

      Sua duvida: Os pisos para cozinhas industriais precisão de certa forma serem mais fáceis e práticos para limpar e resistentes contra abração, impactos e transito como o de empilhadeiras e carrinhos de cozinha.

      Por isso acredito que um dos melhores pisos para usar em cozinhas industriais é o piso epóxi, pois tem alta resistência e não tem emendas que faz dele um piso fácil e prático de limpar.

      Porem, não tenho conhecimento profundo e concreto sobre o que é, ou não melhor sobre piso para cozinhas industriais.

      Então recomendo (fortemente) que você faça pesquisas e consulte empresas e profissionais qualificados na área para que eles possam te dar todo o apoio possível sobre seu caso, como quais os melhores pisos, quais são as normas da Vigilância Sanitária, etc…

      Espero que minhas palavras que ajude de alguma forma.

      Abraços e sucesso!

  5. Gostei muito das informações . Estou reformando meu apto e optei por piso pronto de madeira cumaru em todo apartamento, mas resolvi abrir a cozinha totalmente para a sala . Quais as dicas para combinar com o piso de madeira . Desde já agradeço
    Abraços
    Ivelise

    • Olá Ivelise, fico feliz em saber que você gostou das dicas e informações! 🙂

      Olha, qualquer piso que você escolher usar na sua cozinha vai combinar com a madeira que vem da sua sala, pois a madeira é bastante flexível em termos de combinações, mas aqui vão algumas dicas:

      É uma questão de gosto a escolha do piso, mas se você quer uma cozinha com aparência mais moderna, industrial, diferenciada ou até mesmo uma cozinha mais rustica, o piso de cimento queimado (sem juntas de dilatação fica incrível), na cor natural, combina muito bem com a madeira e fica muito bonito!

      Agora se você quer algo mais clean e moderno, pode optar em usar pisos de cerâmica ou porcelanato, que fica bem bacana e é bastante resistente.

      Se você quer algo diferenciado e com personalidade, escolha piso de pastilhas, epóxi ou ladrilho hidráulico, fica sensacional e único!

      Mas se você quer que a sua cozinha tenha um ar mais luxuoso, o piso de granito é a melhor opção, ele é super resistente e tem uma aparência muito bonita.

      Em relação a cor do piso, prefira cores mais claras, pois irá criar um contraste bonito com o piso de madeira da sala.

      Espero que te ajude!

      Abraços!!!

  6. Estou querendo colocar na minha cozinha um piso de madeira laminado. É possível colocar sobre o piso de cerâmica? Não quero quebrar a cozinha, mas desejo mudar o piso. O que você indica? Obrigada e parabéns pelas suas postagens.

    Abraços

    • Olá Sandra, obrigado pelo seu comentário! 🙂

      Sim, é possível colocar piso de madeira laminado sobre o piso já existente.

      Mas, eu aconselho você a não usar piso de madeira laminado na cozinha, pois é um piso pouco resistente a água e umidade, e a cozinha é um ambiente onde cai bastante respingos de água e gordura da pia e fogão, e também precisa ser limpo e lavado com mais frequência.

      Por isso sempre opte por pisos mais resistentes a umidade, como piso de ceramica, piso de porcelanato, granito, cimento queimado, etc… pois duraram muito mais tempo!

      Mas se seu desejo é usar um piso de madeira por causa da aparência que a madeira possui, saiba que existem pisos de cerâmica que possuem texturas idênticas a da madeira. Se bem escolhido e bem instalado, fica sensacional, muito parecido com madeira de verdade!

      Espero que essas informações te ajude!

      Forte abraço!!

    • Olá, Joana, obrigado pelo seu comentário!

      Eu não citei os pisos vinílicos e linóleos por que não minha opinião, eles não são pisos ideais para usar na cozinha, pois são pisos flexíveis (parecem borracha) e em cômodos molhados (como a cozinha) eles tendem a manchar com facilidade, descolar e formar bolhas por causa da água que infiltra por de baixo do piso com o tempo, principalmente nos cantos, perto da parede.

      Mas vendo em partes eles são pisos bons, ficam ótimos em quartos e sala, pois abafa o som do caminhar sobre eles, são super baratos e tem várias texturas diferentes, umas idênticas a madeira e mármore.

      Se você deseja muito usar esse tipo de piso na sua cozinha (coisa que eu não recomendo muito), saiba que no mercado existe pisos vinílicos e linóleos específicos para áreas molhadas, como cozinha, lavanderia e banheiro.

      Eu não recomendo usar pisos vinílicos e linóleos na cozinha, mesmo os que são específicos para áreas molhadas, pois mesmo assim, eles correm o risco de mancharem e estragarem com maior facilidade do que pisos de cerâmica ou porcelanato, por exemplo.

      Essa é minha visão sobre o assunto, espero que te ajude de alguma forma!

      Abraços!!!!!

  7. Tenho lido diversos textos no teu blog. Este espaço é generoso! Farto de ideias e dicas e realmente tem me ajudado muito!
    Então, ouso pedir o teu favor de me prestar consultoria – mesmo que remota – ou indicação de algum profissional digno de tua recomendação.
    O fato é: preciso decidir as cores neutras que sirvam de base para decoração do meu apezinho. (É um espaço de 37 metros.)
    Neste momento priorizo paredes e piso, apenas.
    Tenho já instalado no banheiro e cozinha: piso de porcelanato preto; azulejos brancos até o teto; bancadas em granito preto São Gabriel.
    No entanto, tenho pensado em remover tudo, deixando apenas o granito.
    A ideia é estabelecer um ambiente “clean” com base em um desses trios de cores:
    1. Cinza, Branco e pouquíssimo preto; ou
    2. Bege, Branco e pouquíssimo preto – apenas para realce.
    (Qual dos 2 grupos seria mais adequado? Posso misturar os 2? Onde cada uma dessas cores poderiam ser aplicadas?)
    Posteriormente, mantendo as cores neutras (1 ou 2) como base, eu usaria uma única cor adicional para “abrir” o visual de cada um dos ambientes:
    – amarelo na cozinha/área de serviço
    – verde na sala
    – azul/turquesa no banheiro
    – vermelho/marsala nos quartos
    Quanto aos materiais, usaria algum granito mais claro – cinza/branco – no piso da cozinha e do banheiro para contrastar com o granito preto das bancadas… (ou deveria usar porcelanato mesmo?)
    Na sala e quartos usaria laminado de madeira (cinza ou bege/marrom?)
    Penso em laminado de madeira para a sala principalmente porque a janela da sala é como um quadro: as copas das árvores são visíveis! Madeira, e não porcelanato, certamente combinaria melhor com esse “quadro” e com um piano vertical (de apartamento) também presente nesse cômodo.

    Peço desculpas pelo texto longo e peço também sugestões para essa fase inicial e fundamental da decoração: escolha de cores e materiais para piso e paredes.

    Muito agradecido,
    Vécio

    • Olá Helvécio, tenho algumas sugestões para seu caso:

      Por seu apartamento ser pequeno, na cozinha e banheiro tente usar revestimentos para o piso e parede em cores mais claras, como o branco, pois ajudaram a dar a sensação de amplitude aos ambientes, prefira piso retificado no chão e na parede se preferir pode usar piso normal, mas tente usar a mesma cor de piso na parede e chão, para dar sensação de continuidade.

      Deixe as cores para os detalhes como, nas bancadas (granito São Gabriel fica sensacional!), nos móveis (armários, etc…) e eletrodomésticos, pois podem ser trocados com maior facilidade se for necessário ou desejado.

      Sobre qual cores usar, ai vai do seu gosto, pois os dois trios de cores que você citou são bem cleans e bonitos! (Tente usar apenas um dos dois trios de cores que citou acima, se você deseja ambientes mais cleans.)

      Para os outros ambientes, novamente vai de do seu gosto e desejo, se você deseja ambientes mais divididos e alegres, use as cores que você citou (verde, azul, vermelho e amarelo) em cada comodo, mas use com cautela e tente usar essas cores em tons pasteis que são mais suaves e não incomoda a visão.

      O seu apertamento é um pouco pequeno, então na minha visão seria legal usar menos cores, para não dividir tanto os ambientes e não deixar o apartamento com sensação que é ainda menor.

      Na sala e nos quartos, acho mais conveniente não usar pisos nas paredes, pois esfriam o ambiente, melhor opção é deixar a parede normal, apenas com tinta mesmo (Uma parede lisa e alinhada, com uma pintura bem feita, fica incrível!).

      Piso laminado na sala e nos quartos é uma ótima opção ao meu ver. Sobre a cor do laminado vai do seu gosto, mas acho que ficaria legal laminado marrom claro. (Use o mesmo na sala e nos quartos.)

      Mas essas são as minhas ideias e soluções para te dar uma ajuda, aconselho que pesquise mais, veja fotos e imagens para escolher e ter certeza do que você realmente deseja.

      E indico fortemente que você a procure um arquiteto (Profissional) para ver seu apartamento e planejar junto com você as melhores soluções dentro dos seus gostos e orçamento.

      Espero que as ideias te ajude!

      Forte abraço!

    • Olá Daniel, obrigado pelo seu comentário!

      Sobre rejuntes escuros, se você comprar um rejunte de qualidade ele não irá descorar tanto.

      O rejunte escuro pode até descorar um pouco com o tempo, mas ainda assim acho melhor opção do que rejunte em cor clara, pois a sujeira fica muito visível depois de um tempo.

      Uma outra coisa sobre rejuntes escuros para cozinha é que, se você não lavar o piso da cozinha com produtos químicos fortes, o rejunte não irá descorar rápido.

      Se lavar com detergente neutro e depois enxaguar bem, evitando deixar espuma, o rejunte pode demorar anos e anos para descorar.

      Abraços Daniel!!

    • Neide, realmente o post está bem completo. Repleto de dicas e informações relevantes sobre piso para cozinha.

      Fico feliz em te ajudar!

      Abraços!!! 🙂

Deixe um comentário

Oppa Design e Decoração


O QUE VOCÊ ESTÁ PROCURANDO?